Vaticano aprova bênção a casais do mesmo sexo

Decisão é considerada histórica durante o papado de Francisco.


Em uma decisão histórica aprovada pelo Papa Francisco, o Vaticano comunicou nesta segunda-feira que os padres da Igreja Católica podem administrar bênçãos a casais do mesmo sexo. No entanto, esses casais não podem fazer parte de rituais ou liturgias da Igreja.

O documento, chamado de “Fiducia supplicans“, não altera “a doutrina tradicional da Igreja sobre o casamento”. Porém, essas situações seriam um sinal de que Deus acolhe a todos.

O cardeal Víctor Manuel Fernández, prefeito do gabinete do Vaticano, explicou o documento em uma introdução, dizendo que a nova norma  “implica um verdadeiro desenvolvimento do que foi dito até agora sobre as bênçãos, chegando a compreender a possibilidade de abençoar casais em situação irregular e casais do mesmo sexo sem validar oficialmente o seu estatuto ou alterar de alguma forma o ensinamento perene da Igreja sobre o casamento”.

Ainda, o documento esclarece que a bênção “nunca deverá ser concedida em simultâneo com as cerimônias de uma união civil, e nem mesmo em conexão com elas. Nem pode ser realizado com roupas, gestos ou palavras próprias de um casamento”.

Em outubro, o papa sugeriu que estaria aberto que a Igreja Católica concedesse a bênção aos casais do mesmo sexo. Ele ainda acrescentou que a Igreja considerava as relações de pessoas do mesmo sexo pecaminosas, e não reconheceria uma união civil.

Receba esta e outras notícias no WhatsApp. Clique aqui para entrar no grupo Rádio e TV Tubá – Notícias. 

Instagram

Facebook

© 2024Todos os direitos reservados Rádio e Tv Tubá.

Precisa de ajuda?