Presidiário é morto por outro detento com golpe de caneta, em Tubarão

Homem assassinado era natural de Joinville.


Um presidiário de 50 anos foi assassinado por outro detento no Presídio Regional Masculino, no bairro Bom Pastor, com um golpe de caneta. O caso foi registrado na tarde de terça-feira (12).

O homem, que era natural de Joinville, morou em Armazém com familiares. Ele estava preso de forma preventiva por ameaça e disparo de arma de fogo. A arma do crime foi o tubo de uma caneta comum, sem carga, caneta a qual teria sido usada para que os detentos pudessem realizar o Enem.

A Polícia Civil esteve no local para instaurar um inquérito e levantar os detalhes do assassinato, como definição de autoria, testemunhas e o recolhimento de provas. 

Caso condenado por mais este ato, o suspeito de matar o outro interno poderá responder por homicídio qualificado, o qual prevê sentença de 12 a 30 anos de reclusão, em regime inicial fechado.

Receba esta e outras notícias no WhatsApp. Clique aqui para entrar no grupo Rádio e TV Tubá – Notícias. 

Instagram

Facebook

© 2024Todos os direitos reservados Rádio e Tv Tubá.

Precisa de ajuda?