HNSC conclui nova fase de reforma e amplia UTI Neonatal e Pediátrica

Iniciativa vai beneficiar mais de 5,8 mil pequenos pacientes.


Referência em maternidade e gestação de alto risco, o Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Tubarão, concluiu mais uma fase do projeto “Nas Mãos de Quem Ama”, aprovado através do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) do município.

A iniciativa vai beneficiar, diretamente, mais de 5,8 mil pequenos pacientes e mais de 379 famílias anualmente; e, indiretamente, mais de 190 mil crianças, provenientes dos 45 municípios da região sul do Estado. 

Essa reforma é essencial para o estado que, nos últimos anos, perdeu mais de 500 leitos pediátricos. Outro ponto a destacar é que, no início desse ano, segundo a Secretaria de Saúde do Estado, as UTIs tiveram a ocupação em 100%, após alta de casos de doenças respiratórias.

“A ideia é ampliar a capacidade de atendimento aos pequenos pacientes e garantir um ambiente seguro e acolhedor para a criança hospitalizada e favorável ao desenvolvimento das práticas assistenciais de cuidado humanizado do hospital, beneficiando, mais de 360 famílias todos os anos”, explica Fabio Tadeo Teixeira, Diretor Executivo do HNSC.

O HNSC possui atualmente 12 leitos, e ao final da execução de todas as etapas do projeto contará com 20 leitos, sendo 15 neonatais e 5 pediátricos.

Reforma em 4 fases

Em função da complexidade do serviço oferecido pela UTI Neonatal e Pediátrica do HNSC, o projeto está sendo realizado em 4 etapas, assegurando a não interrupção dos atendimentos e, sobretudo, a qualidade e segurança dos neonatos, crianças e adolescentes durante o tratamento. Cabe destacar que, por meio dele, está prevista a ampliação de 12 para 20 leitos após a conclusão de todas as fases.

Com o apoio de 59 doadores, empresas e pessoas físicas, que destinaram mais de 2,6 milhões de reais para o projeto “Nas Mãos de Quem Ama – Fase 2”, o HNSC conseguiu viabilizar a reforma e adequação da Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica, contemplando 272,22 m² de área voltadas aos seguintes ambientes: salas de espera, de coordenação e de atendimento; depósito de equipamentos; salão da UTI pediátrica com capacidade para 5 leitos; e banheiro de acompanhantes. 

A Fase 3, avaliada em mais de R$ 3,5 milhões de reais, prevê a reforma e adequação da área de circulação geral e acessos, totalizando 202,04 m². Aprovado pelo CMDCA, esta fase do projeto já está apta para receber doações incentivadas. A Fase 4 é a última etapa do projeto e contempla a readequação e ampliação dos leitos intensivos neonatais, totalizando uma área de 357,62 m², e deverá se encerrar em 2027. 

Receba esta e outras notícias no WhatsApp. Clique aqui para entrar no grupo Rádio e TV Tubá – Notícias. 

Instagram

Facebook

© 2024Todos os direitos reservados Rádio e Tv Tubá.

Precisa de ajuda?