Santa Catarina finaliza envio de doações ao Rio Grande do Sul

Forças de segurança do estado auxiliam o Rio Grande do Sul após enchente.


A última remessa de doações para as vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul saiu nesta quinta-feira (21), de Florianópolis. A campanha de arrecadação foi organizada pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Assistência Social, Mulher e Família e de Proteção e Defesa Civil, além da Polícia Militar.

Ao longo da semana outros caminhões de diversas regiões do estado pegaram a estrada rumo a Porto Alegre. O material foi retirado sob supervisão da Federação de Consórcios, Associações de Municípios e Municípios de Santa Catarina (Fecam), nas cidades de Joinville, Criciúma, Mafra, Jaraguá do Sul, Itajaí, Rio do Sul, Concórdia, Joaçaba, Curitibanos, Lages, Rio Negrinho e São Bento do Sul.

Em um primeiro levantamento, foram contabilizadas 49 toneladas de produtos. Mas até a saída dos caminhões esse número cresceu: foram pacotes de alimentos não perecíveis (44.120,5 kg), água potável (2.153,62L), produtos de higiene (7.782 unidades) e limpeza (11.398 unidades) que somados passaram das 50 toneladas. Além disso, chegaram aos pontos de coleta da PMSC colchões, berços, carrinho de bebê, além de utensílios de cozinha, como panelas, copos e pratos e até sacos de ração para cachorro. Tudo fruto da generosidade do povo catarinense em ajuda aos vizinhos gaúchos.

O secretário de Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina, coronel Armando, comemorou o resultado e lembrou que a ajuda catarinense começou assim que aconteceu a tragédia no estado vizinho, no começo do mês.

No começo do mês de setembro, um ciclone extratropical atingiu parte do Rio Grande do Sul. A região do Vale do Taquari foi afetada pelas chuvas, enchentes e fortes ventos que causaram mortes e destruição. O último balanço apresentado pela Defesa Civil gaúcha mostra que foram 49 óbitos, 106 municípios afetados e 713 pessoas continuam desabrigadas.

Receba esta e outras notícias no WhatsApp. Clique aqui para entrar no grupo Rádio e TV Tubá – Notícias. 

Fonte: SECOM/SC

Instagram

Facebook

© 2024Todos os direitos reservados Rádio e Tv Tubá.

Precisa de ajuda?