Içara: mulher é vítima de feminicídio e ex-companheiro é o principal suspeito

O ex-marido ainda levou os filhos após cometer o crime


A Polícia Militar (PM) encontrou uma mulher, de 31 anos sem vida dentro da própria residência na madrugada deste domingo (24). A vítima apresentava ferimentos que provavelmente teriam sido causados com golpes de faca.

O principal suspeito é o ex-companheiro da vítima. O crime ocorreu no Centro da cidade, na rua Antônio Zaga. Após cometer o assassinato, o homem fugiu com os dois filhos menores. As informações são do Portal Litoral Sul.

Conforme apurado, o suspeito havia enviado uma mensagem para a mãe da vítima informando sobre a separação e sua intenção de ir embora da cidade.

De acordo com a guarnição, o local do crime foi isolado até a chegada da Polícia Civil e Polícia Científica. O caso vai ser investigado para apurar as circunstâncias.

Atualização

O laudo pericial da Polícia Civil, segundo o delegado Márcio Campos Neves, foi concluído e confirmou que a mulher não estava grávida. A primeira informação sobre o caso é de que ela seria uma gestante.

O ex-companheiro já possui um histórico de violência, e a suspeita é que ele esteja no Rio Grande do Sul. Um mandado de prisão já foi decretado contra ele.

Após assassinar a mulher, o suspeito deixou uma mensagem escrita com o sangue da vítima no forro de uma cama. “Te amo! Bode louco”. A motivação do crime ainda é investigada pela Polícia Civil.

Receba esta e outras notícias no WhatsApp. Clique aqui para entrar no grupo Rádio e TV Tubá – Notícias. 

Instagram

Facebook

© 2024Todos os direitos reservados Rádio e Tv Tubá.

Precisa de ajuda?