Homem que se passava por agenciador de modelo é preso em Capivari de Baixo por produzir pornografia infantil

A prisão ocorreu nesta terça-feira (9)


A Polícia Civil de Santa Catarina, por intermédio da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) de Tubarão, cumpriu um mandado de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva contra um homem de 30 anos.

O homem, morador de Capivari de Baixo, se passava por um falso agenciador de modelos. Ele era suspeito de armazenar e produzir material de pornografia infantojuvenil. A prisão ocorreu nesta terça-feira (9).

De acordo com as investigações, foi revelado que o investigado utilizava uma conta falsa do Instagram e dizia controlar uma agência de modelos internacional. A investigação aponta que ele realizava um suposto recrutamento de mulheres entre 11 e 21 anos para participarem de uma seletiva de trabalhos fotográficos.

Segundo a Polícia Civil, o homem solicitava o encaminhamento de fotos em que as vítimas vestissem biquíni ou lingerie, e induzia as meninas a produzirem imagens e vídeos em cena de nudez. Ele ainda tentava incentivar os menores a praticarem e registrarem atos libidinosos diversos de conjunção carnal.

O homem divulgou uma falsa seletiva em um período de quase quatro meses. Mais de 300 mulheres e meninas se inscreveram, e sete delas, entre 11 e 15 anos, de cidades de SC, Paraná e Rio Grande do Sul, foram induzidas pelo criminoso, que pedia para que encaminhassem material pornográfico.

Durante a operação, foram apreendidos aparelhos eletrônicos de propriedade do investigado, que serão periciados. O homem foi encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Receba esta e outras notícias no WhatsApp. Clique aqui para entrar no grupo Rádio e TV Tubá – Notícias.

Instagram

Facebook

© 2024Todos os direitos reservados Rádio e Tv Tubá.

Precisa de ajuda?