Vigilância Sanitária de Tubarão interdita câmaras de bronzeamento artificial

Os equipamentos de bronzeamento artificial são proibidos pela Anvisa.


As equipes da Vigilância Sanitária de Tubarão, realizaram a interdição de 12 câmaras de bronzeamento artificial em clínicas estéticas do município, nesta terça-feira (13).

Segundo a diretora do Setor de Vigilância Sanitária Chaiana Marcon esses equipamentos de bronzeamento artificial são proibidos pela Anvisa, mas estavam funcionando por meio de liminares até a presente data.

No entanto, o Ministério Público recorreu das decisões anteriores obtendo êxito no processo. “Salientamos que os estabelecimentos não foram interditados, pois exercem outras atividades licenciadas pela Vigilância Sanitária na área de estética”, ressalta Chaiana.

Durante o programa De Mulher para Mulher do dia 5 de dezembro, a dermatologista Mariane Fissmer, já havia afirmado que as câmaras podem desenvolver algum tipo de câncer de pele.

“O bronzeamento artificial para fins estéticos é proibido no Brasil todo pela Anvisa. Os estabelecimento que funcionam, estão funcionando sob liminar judicial. Então, não existe a câmara boa que é liberada e a que não é liberada. Se o estabelecimento está liberado para funcionamento, ele tem uma liminar”, afirma ela.

Receba esta e outras notícias no WhatsApp. Clique aqui para entrar no grupo Rádio e TV Tubá – Notícias. 

Instagram

Facebook

© 2024Todos os direitos reservados Rádio e Tv Tubá.

Precisa de ajuda?