Ex-prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, usará tornozeleira eletrônica até março

Ex-vice-prefeito, Caio Tokarski, também ficará com o equipamento por mais 90 dias


O ex-prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, continuará fazendo o uso da tornozeleira eletrônica até março de 2024, conforme determinação da juíza Gabriella Matarelli Caljorne Daimond Gomes. O prazo para o fim do uso do equipamento de monitoramento seria na próxima terça-feira (26).

Além de prolongar o uso da tornozeleira, a juíza também autorizou a ampliação do perímetro de monitoramento eletrônico, para que o político possa viajar de Tubarão para Laguna, e circular na Cidade Juliana.

A defesa de Ponticelli havia requerido a ampliação do perímetro de monitoramento, visto que o político possui uma residência em Laguna e se reúne com a família nos finais de semana. Ele não poderá ir para outras cidades da Amurel. 

Junto da decisão concedida ao ex-prefeito da Cidade Azul, o ex-vice-prefeito, Caio Tokarski, também continuará fazendo o uso da tornozeleira eletrônica por mais 90 dias. No caso de Caio, ele poderá circular por Florianópolis, em razão do estado delicado de saúde de seu pai após um aneurisma. A juíza ainda afirma que sua atividade como advogado exige seu deslocamento.

O Ministério Público se manifestou contrariamente contra as decisões envolvendo os políticos, que são investigados pela Operação Mensageiro, considerado o maior esquema de corrupção de Santa Catarina.

Receba esta e outras notícias no WhatsApp. Clique aqui para entrar no grupo Rádio e TV Tubá – Notícias. 

Instagram

Facebook

© 2024Todos os direitos reservados Rádio e Tv Tubá.

Precisa de ajuda?