Capivari de Baixo busca empresa para obras emergenciais nas cabeceiras da ponte do bairro Santo André

Foto: Prefeitura de Capivari de Baixo

A estrutura ficou comprometida após os danos causados pelas fortes chuvas no início deste mês.


A prefeitura de Capivari de Baixo solicitou orçamentos a empresas que possam realizar as obras emergenciais nas duas cabeceiras da ponte na avenida Nilton Augusto Sachetti, no bairro Santo André. A estrutura ficou comprometida após os danos causados pelas fortes chuvas no início deste mês.

O projeto sobre a intervenção necessária foi entregue para a Administração Municipal nesta terça-feira (17). Serão construídas uma cortina de concreto em cada lado, o que dará a segurança de estabilização do local. Em seguida, será feito o adensamento de material com pedras granuladas e terra e a repavimentação do local.

O documento foi elaborado pelo engenheiro especialista em pontes André Labanowski Júnior. Ele fez uma análise técnica no local na última semana e constatou a necessidade da interdição e das obras emergenciais.

Os trabalhos estão orçados em cerca de R$ 200 mil. Como o município está em Situação de Emergência por causa das fortes chuvas, o processo de contratação do serviço torna-se simplificado, tornando-o mais rápido. Assim, a partir dos orçamentos recebidos, a Administração Municipal escolhe a empresa que apresentar o menor valor e contrata o serviço. A expectativa é que os trabalhos iniciem ainda esta semana e sejam executados em até 15 dias. Os recursos para a execução da obra já foram levantados pela Secretaria de Gestão e Fazenda.

A construtora contratada vai avaliar com o seu corpo técnico se será possível realizar a obra em partes, permitindo assim a liberação do tráfego de veículos leves em meia pista. Atualmente, está permitida apenas a passagem de pedestres, e mesmo assim, não em dias de chuva.

Cabeceiras danificadas

As fortes chuvas do início deste mês agravaram a situação das cabeceiras da ponte do bairro Santo André. Os materiais que dão sustentação de base às cabeceiras não estão estáveis e a circulação de veículos vai causar um dano contínuo na ponte e trazer risco às pessoas que passam pela travessia. Por causa disso, o local foi interditado pela Defesa Civil de Capivari de Baixo no dia 7 de outubro.

Apesar de apenas uma cabeceira apresentar o problema visivelmente com as chuvas recentes, a outra também está em situação semelhante. Por isso, a intensão e arrumar logo os dois lados. Segundo o engenheiro André Labanowski Júnior, essas obras serão de forma resolutiva e não trarão mais problemas futuros.

Receba esta e outras notícias no WhatsApp. Clique aqui para entrar no grupo Rádio e TV Tubá – Notícias. 

Instagram

Facebook

© 2024Todos os direitos reservados Rádio e Tv Tubá.

Precisa de ajuda?