Ouça Ao Vivo Ouça Ao Vivo
« Voltar

Notícias Irmã Antonina completa 50 anos de vida religiosa

Com o lema “meu viver é Cristo, amar, fazer o bem, e servir o Reino de Deus”, Irmã Antonina Cardoso, da Congregação das Irmãs da Divina Providência, completou dia 19 de julho 50 anos de vida religiosa. Natural de Armazém, é filha de Antônio Cardoso e Diolinda Cardoso.

A religiosa atualmente reside na Comunidade Cristo Rei, onde vivem as irmãs do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC). Irmã Antonina já atuou nos hospitais de Rodeio, Laguna, Tijucas e Blumenau. Em Florianópolis, trabalhou na Casa da Divina Providência, na Trindade (onde ficam as religiosas idosas da Congregação); no Lar São Vicente e no Provincialado Coração de Jesus. Também atuou no Projeto Igrejas Irmãs, em Capim Grosso, na Diocese de Bonfim, na Bahia.

Ela voltou ao HNSC há aproximadamente três anos. Foi nesse hospital em que, há cinco décadas, decidiu seguir a vida religiosa. “Um dia, aos 20 anos de idade, quando trabalhava no Centro Cirúrgico do HNSC, Ir. Hatumara me perguntou se eu já tinha escutado Jesus me convidando para ser uma irmã. Respondi que sim, e fazia tempo. Este era o motivo maior pelo qual eu havia decidido trabalhar no hospital”, relembra. Logo, Irmã Antonina começou a ser preparada para a nova etapa de sua vida.

Para a religiosa, “ser uma Irmã da Divina Providência é ter a convicção de que, embora pecadora, Deus, em seu infinito amor, a chamou ao seguimento de Jesus Cristo para viver a confiança ilimitada na Providência do Pai”. “A cada dia, me sinto enviada por Jesus a testemunhar a todos, especialmente aos mais pobres, a esperança Cristã e o amor de Deus e, assim, com Jesus glorificar ao Pai do Céu. Nós vivemos nossa missão no seguimento de Jesus em pobreza, obediência e castidade”, ressalta.


Fonte: Chirle Ponciano e Luciana Wronski
Assessoras de Comunicação

IMAGENS