Ouça Ao Vivo Ouça Ao Vivo
« Voltar

Notícias Catarinenses homenageiam neurocirurgiões reconhecidos em todo o mundo

Com o plenário da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Alesc) repleto de amigos, familiares, colegas de trabalho e de profissão, ocorreu ontem (19/06) a homenagem aos médicos Dr. Jayme Augusto Bertelli, de Florianópolis, e Dr. Marcos Flávio Ghizoni, de Tubarão. Proposta pelo presidente da Assembleia, deputado Joares Ponticelli, a homenagem foi acatada por toda a mesa, em consideração ao relevante trabalho desenvolvido pelos médicos de renome internacional.

Realizada em sessão especial, a homenagem foi uma forma de os catarinenses agradecerem pelo trabalho e dedicação do Dr. Bertelli (especialista em microcirurgia) e do Dr. Ghizoni (neurocirurgião) à pesquisa científica, a seus pacientes e, acima de tudo, pelas descobertas de técnicas inovadoras, reconhecidas em todo o mundo. Os "pais" da técnica cirúrgica de "transferência dos nervos", conhecida como a cirurgia do plexo braquial, já transformaram a vida de inúmeros pacientes e suas pesquisas apresentadas em revistas científicas e congressos mundiais.

Segundo Dr. Jayme Bertelli, 51 artigos científicos da dupla já foram publicados em revistas dos Estados Unidos e Europa; inclusive suas pesquisas já estamparam diversas capas de revistas do mundo todo, como na Rússia. Em 2010, tiveram suas pesquisas publicadas em uma revista americana de notoriedade mundial. Um ponto histórico na reconstrução das mãos foi quando conseguiram fazer com que um jovem abrisse seus dedos. “Não é tão fácil conseguir publicar esses artigos científicos, mas com o incentivo e valorização da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), conseguimos publicá-los”, elogia o médico.

Durante estes 18 anos em que trabalham juntos, os especialistas foram convidados a estarem presentes em inúmeros congressos internacionais, além de convites para proferirem palestras em diversos cantos do mundo, apresentando suas técnicas inovadoras, inclusive a do tratamento para tetraplégicos. Além disso, recebem, durante todo o ano, inúmeros visitantes, que vêm conhecer suas técnicas de perto. Já foram acompanhados por especialistas da África, Rússia e França. Recentemente, os médicos foram homenageados, também, pela Secretaria de Saúde de Xangai, maior cidade da China, onde vivem mais de 20 milhões de habitantes.

Cerca de 88% das cirurgias de plexo braquial foram feitas somente em Santa Catarina. Este número revela que, no estado, ocorre mais desse tipo de procedimento que no restante do Brasil. "Desde que conheci e comecei a atuar com o Marcos, em 1995, aprendi muito com seu modo de ser e agir diante de uma dificuldade ou de alegrias; e só tenho a agradecer. É claro que não podemos deixar de mencionar o trabalho de nossa equipe, cujos profissionais atuam conosco há mais de dez anos”, destaca Dr. Jayme Bertelli.

Durante a homenagem, Dr. Marcos Ghizoni aproveitou o momento para agradecer a seus mestres, os quais o auxiliaram na descoberta da verdadeira “maravilha da natureza”, o cérebro humano. Afirmando que o Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Tubarão, é um hospital de excelência no estado, ele dividiu a ilustre homenagem com as Irmãs da Divina Providência, com a direção do HNSC e com todos os colaboradores que fazem parte dessa grande família. Finalizando, agradeceu a parceria com o Dr. Jayme e, a Deus, pela vida.


O presidente da Alesc, deputado Joares Ponticelli, destacou durante o evento que o estado catarinense tem a obrigação de reconhecer o trabalho desses dois médicos, os quais demonstram amor em tudo o que fazem. “Esta homenagem ocorre em nome desse povo sofrido, que não teria como reestabelecer sua saúde se não fosse a atuação destes profissionais, que mostram comprometimento e amor em tudo o que fazem", elogia o deputado.

Durante a homenagem, Dr. Jayme Bertelli mencionou sobre o sonho que os dois têm de criar, em Santa Catarina, um Centro de Reabilitação do Membro Superior do Lesado Medular, de nível europeu. “Devemos oferecer a essas pessoas carentes algo a mais para elas. Temos tecnologia disponível, excelentes profissionais e, por isso, devemos difundir essa prática a todos os catarinenses", ressaltou.

Ao ouví-lo, Ponticelli adiantou que "a causa será abraçada" para que os médicos homenageados possam concretizar mais este sonho. “Iremos nos reunir com autoridades, classe política, instituições e órgãos competentes para dar condições a esses profissionais continuarem atuando em nossa região”, finalizou.


Fonte: Chirle Ponciano e Luciana Wronski
Assessoria de Comunicação do HNSC

IMAGENS