Ouça Ao Vivo Ouça Ao Vivo
« Voltar

Notícias Arraiá Especial: Sábado é dia D do Comércio de Tubarão

Neste sábado será de Arraiá Especial em mais uma edição do Dia D que vai reunir entidades de Tubarão que estarão com barracas e quitutes da época e atrações culturais, fazendo a festa até as 17 horas, mesmo horário de funcionamento do comércio. O Dia D, promovido pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), tem parceria com a prefeitura e Sesc.

Quem circula pelo centro de Tubarão já percebeu as bandeirolas decorando trechos da Avenida Marcolino Martins Cabral e Calçadão, que dão o clima de festa que será o Arraiá Especial deste sábado na Praça 7 e numa quadra da avenida ao lado da praça.

Na Praça 7 acontece o Praça das Artes promovido pela Coordenação de Cultura da prefeitura de Tubarão que terá como atrações um varal literário, feira de arte e artesanato e apresentações dos alunos do Instituto Pró-Música, dos músicos Léo Mota e Luiz Paulo Mathias. Ainda nas apresentações o Grupo de Canto da Vila Padre Itamar e alunos do Programa Municipal de Formação Cultural – Oficina de Canto.

No espaço da Avenida Marcolino Martins Cabral na quadra lateral à Praça 7, estarão as barracas das entidades com quitutes da época, as ações sociais, de saúde e serviços do Sesc, além da presença dos escoteiros e do Rotary. Mas quem for passar pelo evento, terá outras surpresas preparadas pelos organizadores que prometem animar o dia de festa preparado pela CDL.

Lixo eletrônico

E para quem tem em casa ou na empresa aquele material eletrônico sem qualquer uso e que fica apenas ocupando espaço, tem neste sábado a oportunidade de promover o descarte correto. Ao lado da Casa da Cidadania acontece mais uma coleta do lixo eletrônico, podendo ser descartado computadores e seus componentes, celulares e baterias, televisores, micro-ondas e demais equipamentos eletrônicos.

A coleta de lixo eletrônico tem dado excelentes resultados em Tubarão viabilizado pelo programa Recicla CDL. Somente este ano, de março a junho, já foram coletados cerca de cinco toneladas de material.

O presidente da CDL, Luciano Menezes, ressalta que, se não houvesse esta ação da CDL, todo este material, certamente, estaria indo para o lixo comum e descartado em locais impróprios, causando sérios problemas ao meio ambiente. “Esta ação da CDL permite que todos tenham a oportunidade, de uma vez ao mês, em dar o destino correto ao lixo eletrônico e contribuir com ações ambientais” avalia.

Fonte: JB Guedes

IMAGENS